domingo, 30 de julho de 2017

Ferramentas da internet

Ferramentas da internet

Existem vários gerenciadores de projetos online
gratuitos na internet. Os melhores têm estas
funcionalidades:
■■ cadastro de usuários com níveis de permissão
diferentes;
■■ cadastro de diversos projetos;
■■ acompanhamento de tarefas;
■■ possibilidade de anexar arquivos de qualquer
formato;
■■ gráfico de Gantt (Visualização gráfica do
cronograma do projeto);
■■ comentários de usuários;
■■ planilha de horas gastas por usuário.
Internet para
pequenos negócios
179

Sobre o Basecamp


loteria liquidificador hand spinner lanterna Se você quer um programa simples e prático para
acompanhar os projetos da sua empresa, o Basecamp
(http://basecamphq.com) pode ajudar, pois é um programa
que preza pela facilidade e efetividade. Warner e Adidas já
utilizaram os serviços, mas a base de clientes é composta
principalmente de pequenas e médias empresas. O software é
pago, mas você pode testar gratuitamente por 30 dias.
Não espere que seja o programa mais completo do mundo,
mas a praticidade de uso acaba sendo um diferencial. Veja
quais as possibilidades que ele oferece:
■■ Lista de tarefas: compartilhe com os colaboradores uma
ordem de trabalhos a serem desenvolvidos, com prazos,
além de delegar algumas funções para os usuários da área
(no caso, os funcionários).

■■ Compartilhamento de arquivos: para evitar o envio de
vários arquivos por e-mail sobre o mesmo assunto, ao
ponto de não saber qual a versão final, compartilhe os
arquivos de forma online e tenha um documento único.
■■ Mensagens: por mais simples que sejam, servem caso
tenha de fazer algum comentário relacionado ao projeto
que está sendo desenvolvido.
■■ Milestones: você pode monitorar os prazos de entrega de
forma alinhada com as tarefas a serem desenvolvidas. É uma
espécie de marco, um sinalizador dos estágios do projeto.
■■ Writeboards: editor de texto simples para permitir a edição
colaborativa de textos

quarta-feira, 26 de julho de 2017

negocio na internet

negocio na internet

e a Regra de Pareto (veja em “Saiba Mais”) já não se
aplica em muitos mercados. Anderson mostra que
a economia tradicional é obrigada a lidar com altos
custos de armazenagem, distribuição e exposição
dos produtos. Por isso, a saída é oferecer produtos
que vendam mais, para o consumo de massa.
Este modelo acabou criando a cultura do “hit”,
ou seja, um modelo de mercado em que é mais
vantajoso vender milhares de CDs de um único
artista, por exemplo, do que vender poucos CDs
de milhares de diferentes artistas. Este modelo,
portanto, dá mais visibilidade para os CDs dos
artistas mais populares, que são “hits”. (Figura 5)
Figura 5 – Na internet a vitrine é infinita
Internet para
pequenos negócios
Mais – Produtos Vendido – Menos
Popularidade
Posição do produto entre os mais vendidos
Hits, produtos mais populares:
o maior espaço da gôndola
Pequenos Nichos:
vitrine sem fim
46
Internet para
pequenos negócios
A “Regra de Pareto”
A Regra de Pareto foi criada no século XIX por
um economista italiano chamado Alfredo Pareto.
Ao analisar a sociedade, concluiu que grande
parte da riqueza se encontrava nas mãos de
um número demasiado reduzido de pessoas. É
também conhecida como dos 20%-80% e significa
que um pequeno número de causas (geralmente
20%) é responsável pela maioria dos problemas
(geralmente 80%).

maquina de cortar batata maquina de batata comprar pc flash active directory Há muito tempo a Regra de Pareto vem sendo
utilizada no mundo dos negócios para definir
prioridades de investimentos. Por exemplo, uma
livraria não pode ter todos os títulos do mercado,
portanto ela aplica a Regra de Pareto e foca em
20% dos títulos que geram 80% da receita.
Fonte: Wikipedia http://pt.wikipedia.org/wiki/
Princ%C3%ADpio_de_Pareto acessado em agosto 2011.
47

A partir da convergência digital e da internet – um
novo modelo de distribuição de conteúdo e oferta de
produtos – cresce um movimento migratório da cultura
do hit para a cultura de nichos. Os nichos de mercado
são formados por públicos muito segmentados em
busca de produtos ou serviços muito específicos.
Por isso, é crescente a visibilidade de milhares de
novos artistas com pouca popularidade que surgem
em qualquer lugar do planeta, conquistam e mantêm
pequenos grupos de fãs (nichos) também em
qualquer lugar do planeta, conforme Figura 6.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

pintura em tecido

pintura em tecido

“O mistério e a magia da habilidade para o desenho parece ser, pelo menos
em parte, a capacidade de efetuar uma mudança no estado cerebral para
para uma modalidade diferente de ver/perceber” (EDWARDS, 1999. pg. 29).
Conclui-se então que durante o aprendizado da arte, simplifica-se o mundo,
fragmentam-se conceitos e símbolos e aprende-se a ver a realidade de outra forma
e para isto, há passos a serem seguidos. pintura em tecido

fazer pintura no tecido
como fazer pintura no tecido
pintura em tecido
como pintar um tecido
Ao analizar currículos de escolas clássicas européias (apêndices A, B e C),
nota-se que certos passos são essenciais. O aprendizado do desenho figurativo vem
antes do descobrimento do estilo próprio, seja ele expressado através de uma
parcial ou completa distorção da realidade, devido ao fato de que a aproximação
com a realidade no desenho, ou seja, o desenho realista, que tem como objetivo pintura em tecido

home studio
home studio online
sketchup
sketchup copiar fielmente o que se vê, ajuda o estudante a se conectar com sua produção5.
Há também uma mandatória aprendizagem de diversas técnicas para que se possa
ter conhecimento sobre o resultado que cada uma pode alcançar, pois a escolha
destas e os materiais adequados está ligada ao resultado desejado.

2 EDWARDS, Betty. - Desenhando com o Lado Direito do Cérebro. Ed. Ediouro.
3 MAGILL, Richard A. - Aprendizagem Motora - Conceitos e Aplicações. Ed. Edgard Blucher.
4 GOMBRICH, E. H. - A História da Arte. Ed. LTC.
5 EDWARDS, Betty. Desenhando com o Lado Direito do Cérebro. Ed. Ediouro. pg 33
"22
Começa-se então com uma base que é o entendimento do uso de materiais
como o lápis, o carvão, passando para o lápis de cor e os pigmentos pastosos e
líquidos, compreendem-se as formas básicas, a anatomia humana, os princípios das
luzes e sombras e o funcionamento das cores. Aprendem-se diversas técnicas e o
resultado que se pode obter com cada uma delas. Por fim, aprende-se a lógica da
criação artística, para que esta possa ser aplicada a possíveis problemas

encontrados durante a execução de uma obra independente da mídia usada.
Esta é a lógica de ensino da criação artística, que pretende ser auxiliada
através de um tutorial. A partir da análise dos currículos, nota-se que seria inviável
que todo o material necessário fosse passado em apenas um arquivo, portanto seria
necessário gerar um programa de estudo, porém no presente projeto serão
desenvolvidos apenas dois tutoriais com propósito demonstrativo no que se refere a
correlação entre as práticas tradicional e digital.

Curso de pintura hidrografica wtp


Curso de mega Hair




Curso de porcelanato liquido 3d

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Como vender na loja

Como vender na loja

Com o seu próprio site, você terá mais liberdade sobre as informações e layout e também não terá que dividir partes do faturamento com terceiros. E conforme você for criando novos infoprodutos vai também implementando o seu site de e-commerce.

Cooler para computador
macaco tipo eletrico
relogio masculino
velotrol infantil
Veja um Exemplo em: 

Se você conseguir criar os procedimentos para o primeiro produto, não terá dificuldades para os próximos. Você pode implementar facilmente formas de pagamento seguras com o PagSeguro. Eu utilizo esse sistema de pagamento aqui no site. É seguro, relativamente barato e simples de implementar. Você também pode vender o seu infoproduto em sites como MercadoLivre e de classificados grátis. Pesquise na NET por "Classificados Grátis" e você encontrará muitas opções para vender seus infoprodutos.


Amostra Grátis

Considere disponibilizar uma amostra grátis do seu infoproduto para avaliação. Se você criou um infoproduto de qualidade, as pessoas vão avaliar e comprar. Criar uma versão reduzida e grátis pode ajudar nas vendas do seu infoproduto. Utilize esta oportunidade para criar sua lista de contatos, fornecendo a amostra grátis por e-mail e vinculando este presente à assinatura da sua newsletter.

Seth Godin, criador do site www.ideavirus.com, disponibiliza uma versão full em formato digital do seu livro "Marketing IdeaVirus" que ele também vende em formato impresso.

Seja um Marketeiro

Com o infoproduto pronto e disponível no seu site, inicie a promoção do produto e do site (trabalho contínuo). Envie uma mensagem criativa e atraente para a sua lista de assinantes e utilize intensamente o poder das redes sociais como orkut, dihitt, via6 e outros para promover os seus produtos.

Verifique como o seu site está posicionado no Google para as palavras de interesse e trabalhe continuamente para melhorar esta posição. Faça parcerias para conseguir links de outros sites para o seu aumentando o seu PageRank e melhorando ainda mais sua posição nas pesquisas do Google


O Cenário Ideal

O melhor cenário é aquele onde você tem o seu próprio mini site de e-commerce para vender os seus infoprodutos e que já tenha disponível 6 ou mais produtos para comercializar. Um site próprio lhe dá a liberdade de tomar as decisões sobre design, conteúdo e demais aspectos importantes do seu negócio. O seu mini site será um vendedor fiel, trabalhando 24h por dia, 7 dias por semana nos 365 dias do ano.

O cenário proposto é bem possível de ser concretizado. Obviamente será necessário empregar tempo, energia e dedicação para a realização do projeto. Só depende de você.





Curso de excel online
Curso de adestramento de cães
Como aumentar o penis naturalmente

quinta-feira, 23 de março de 2017

curso porcelanato

com técnicas de pintura que reproduzem o granito e mármore, entre
outras possibilidades. O revestimento pode ser totalmente personalizado,
com mistura de cores, tonalidades monocromáticas, aplicação de
desenhos, utilização de glitter e quartzo, além das opções de acabamento.
Ainda, é ecologicamente sustentável, possui alta resistência, rápida
aplicação, pode ser antiderrapante (em lugares como cozinha ou locais
com crianças) e não apresentam juntas, facilitando a limpeza.

curso de porcelanto
aplicação de porcelanato liquido
porcelanato liquido
curso de porcelanato liquido
No ramo da construção civil, por exemplo, uma das opções sustentáveis
são os revestimentos monolíticos para pisos. O revestimento pode ser
composto por uma resina e é comumente usado em reformas. O motivo
principal é justamente a sustentabilidade do produto: ao revestir um piso
antigo, evita-se a produção de entulho, o aluguel de caçambas, a
regularização e nivelamento do piso, o barulho e o trabalho e tempo dos
empreiteiros

• Sinalização interna ou externa
O que é Piso Epóxi e Poliuretano?
Os pisos tanto em epóxi como em poliuretano, são revestimentos
utilizados sob a superfície do piso formando uma capa única (monolítica)
brilhante e duradoura, pode ser lisa ou antiderrapante, são de grande
utilização em hospitais, abatedouros, pisos industriais, cozinhas,
laboratórios, quadras esportivas, centros automotivos etc. pode ser
aplicado diretamente em pisos de alvenaria, madeira, aço entre outros.
Sua utilização vem sendo cada vez mais explorada no Brasil, além de

proporcionar acabamento primoroso, também impermeabiliza a superfície
impedindo infiltrações de produtos químicos no solo, outra característica é
a facilidade na hora da limpeza, já vêem sendo impostos em alguns órgãos
onde a higiene é primordial tais quais: hospitais, indústrias alimentícias,
laboratórios, entre outros. Por não apresentarem juntas não acumulam
bactérias. Outra vantagem fantástica é a velocidade na hora da aplicação,
permitindo essa aplicação em grandes áreas em um curto espaço de
tempo, onde é fundamental a retomada rápid
curso de aerografia

Alicate ninja
maquina de cortar batata espiral